Hoje, particularmente hoje

Hoje, particularmente, hoje, todo o meu desejo clama por você.

Enlouqueço de não me saber presente em você agora.

Onde mesmo nossos mais se tornaram desiguais?

Não, aí nesse lugar exatamente habita o erro, justamente aí é que o engano se faz.

Acontece que não seremos mais desiguais. Já nos embaralhamos.

Afinal, já tem tanto que já definimos o quanto fomos esculpidas em carrara.

Esculpidas e encarnadas…

A cada dia que passa mais de mim você tem e mais de você se acomoda em mim.

Me impressiono com a similaridade e me encontro em seus traços.

Lamento informar, a simbiose já foi feita. A mistura já está no mesmo caldeirão.

Ela é a prova da sem-vergonhice a que nos entregamos.

Nesse entrelace de nos perdermos em onde começa cada uma.

Também não importa, deixemos então pra uma outra época, outros tempos…

Esperemos que ciclo das coisas se façam e certamente nos encontraremos.

“Eu não sei muito bem o que vou fazer em seguida, mas por enquanto, olha pra mim e me ama! Não! Tú olhas pra ti e te amas.

É o que está certo.”(Lispector)

Vai ver que é porque hoje é dia 31 de outubro, dizem que é dia das bruxas… Dizem também que elas voam…

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *